SÃO GOTARDO-MG – DIOCESE DE PATOS DE MINAS

Este site ultrapassou 200 mil visualizações no dia 01/04/2013

divisoria oficial

FELIZ ANO NOVO (2014)

divisoria oficial

05/07/2013 – Os beatos João XXIII e João Paulo II vão se tornar santos

Segundo o Vaticano, o papa Francisco fará a cerimônia ainda este ano

VATICANO – O papa Francisco assinou no dia 05/07/2013 o decreto de  canonização de duas das figuras mais importantes da Igreja Católica dos últimos anos: os papas (beatos) João XXIII (o papa do sorriso e da bondade) e João Paulo II (o papa da paz), que serão reconhecidos como santos em uma mesma celebração.

O italiano João XXIII, nascido Angelo Giuseppe Roncalli, pontificou entre 1958 e 1963. Tem apenas um milagre a ele reconhecido, mas o papa Francisco dispensou o segundo milagre. Nascido em 1881, faleceu em 1963, foi beatificado em 1º de outubro de 2000, pelo papa João Paulo II. Foi João XXIII que em 1962 abriu o Concílio Vaticano II, reunião dos bispos do mundo inteiro que foi responsável por mudanças na liturgia e na vida da Igreja Católica desde então. Ele abriu a Igreja ao mundo contemporâneo e às mudanças, que foram continuadas e aperfeiçoadas por João Paulo II que apresentou uma mensagem de esperança, fé e caridade ao mundo.

João Paulo II, polonês nascido Karol Józef Wojtyla, pontificou entre 1978 e 2005, tendo o terceiro maior pontificado documentado da história. Nascido em 1920, faleceu em 2005. Sendo aclamado como um dos líderes mais influentes do século XX, cativou pessoas no mundo inteiro em centenas de viagens. Teve um papel fundamental para o fim do comunismo na Polônia e talvez em toda a Europa, bem como significante na melhora das relações da Igreja Católica com o judaísmo, Islã, Igreja Ortodoxa, religiões orientais e a Comunhão Anglicana. Beatificou 1340 pessoas e canonizou 483 santos. Em 19 de dezembro de 2009 foi proclamado “venerável” e “beato” em 1º de maio de 2011, ambas pelo papa Bento XVI. Foram atribuídos à intercessão de João Paulo dois milagres: a cura de uma freira francesa que sofria de mal de Parkinson e a cura de um grave aneurisma cerebral em uma mulher em 2011, na Costa Rica.

Esses dois homens amaram e seguiram a Jesus Cristo com muita fidelidade, e por isso, são colocados pela Igreja como modelo de conduta para os homens do mundo inteiro.

FONTE: INTERNET

divisoria oficial

12/06/2013 – Falecimento de dom José Lima

dom_jose1304435208

Em nome de toda a comunidade são-gotardense, sentimentos de profundo pesar pelo falecimento de dom José Lima, aos 89 anos. Unimo-nos a seu irmão que mora em São Gotardo, Leopoldino Lima (professor Dino), e demais familiares, em oração pela alma de nosso inegável benemérito cidadão.

Muito obrigado por tudo… Descanse em paz, dom José Lima.

  • Nascimento: Tiros-MG em 21/02/1924
  • FiliaçãoFrederico José de Lima e Maria Aniceta de Lima
  • Ordenação Presbiteral: Bom Despacho-MG em 08/12/1948
  • Nomeação Episcopal: 24/04/1973
  • Ordenação Episcopal: São Gotardo-MG em 15/07/1973
  • Morte: Sete Lagoas-MG em 12/06/2013

Atividades antes do Episcopado: Vigário Cooperador em Tiros-MG e Encarregado de Areado de Patos-MG (1949-1952); Pároquia São Sebastião de São Gotardo-MG (1951-1973).

Atividades durante o Episcopado: Bispo Diocesano de Itumbiara-GO (1973-1981); Bispo de Sete Lagoas-MG (1981-1999), renunciando ao bispado por motivo de idade.

Seu lema “In Caritate” (Na caridade) – 1 Jo 4, 16, retirado da Primeira Carta de São João, revela-nos o zelo de seu ministério em favor da Igreja, também vivenciado na participação ativa em relevantes obras sociais nas dioceses por onde passou.

Aqui em São Gotardo ele foi padre por mais de 20 anos, sendo pároco entre 1965 a 1973. Sua vida aqui também foi marcada pela atuação na área do ensino, sendo um dos fundadores do Colégio Estadual São Pio X, onde atuou como diretor e professor de história e religião. Contudo, em São Gotardo lhe são atribuídas participações em dezenas de relevantes obras sociais.

Dom José Lima era bispo emérito de Sete Lagoas (MG) e sofria há quase 20 anos de mal de Alzhemier.

O velório foi em Sete Lagoas, no Santuário de Adoração Perpétua. A Missa de corpo presente foi às 15h00 e o sepultamento em seguida, na Catedral Diocesana Santo Antônio, em atendimento ao seu desejo manifesto, há mais de oito anos.

Nota de pesar da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) – Palavras de dom Leonardo Ulrich Steiner, secretário geral da conferência: “Manifestamos nossa solidariedade fraterna e estamos unidos aos familiares de dom José Lima, ao bispo diocesano dom Guilherme Porto, e aos irmãos e irmãs da diocese de Sete Lagoas que, neste momento, agradecem a Deus pela vida deste nosso irmão”.

Pastoral da Comunicação de São Gotardo (MG)

divisoria oficial

JUNHO, MÊS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Junho de 2013

O mês de junho é dedicado ao Sagrado Coração de Jesus, cuja solenidade litúrgica celebraremos no dia 07/06 (segunda sexta-feira após a solenidade de Corpus Christi). Consiste na veneração do Coração de Jesus, do mais íntimo de Seu Amor. Sagrado Coração de Jesus é uma das três solenidades do Tempo Comum dentro da Liturgia da Igreja. A devoção também é cultivada ao longo de todas as primeiras sextas-feiras de cada mês.

Esse culto especial é de todas as devoções a mais antiga. Antes que houvesse os santos Sacramentos e outros objetos de devoção, já a Virgem Maria venerava o dulcíssimo Coração de Jesus, são José o estreitava nos braços; os pastores e os Magos, Simeão e Ana, os apóstolos e discípulos, a ele e por ele atraídos, prestavam-lhe homenagens do amor.

Esta devoção especial, já os apóstolos a espalharam no universo, os padres da Igreja com ternura a cultivaram. Enfim, os santos de todos os séculos foram discípulos fervorosos do Coração de Jesus.

Reconheçamos que no Sagrado Coração está o símbolo e a imagem expressa do Amor Infinito de Jesus Cristo, que nos leva a retribuir-Lhe esse Amor. Amém!

FONTE: “A Jesus os corações ou imitação do Sagrado Coração de Jesus”, livro de padre Pedro Arnoudt

divisoria oficial

MAIO – MÊS MARIANO

Maio de 2013

O mês de maio é tradicionalmente dedicado à Maria, a Mãe de Jesus.  Em consonância com a Igreja, caminharemos também nessa devoção especial oferecendo ao longo do mês subsídios de oração, tendo como foco Nossa Senhora. 

Maria é a Mãe do Puro Amor, é promessa e esperança, é ternura e solidariedade, é bondade e amor. É o veículo direto que nos comunica com Seu Filho. É nossa intercessora. A ela, confiamos nossas fraquezas, nossos sofrimentos.

O colo de Maria é maternal. Nele, encontramos abrigo e consolo. A presença da Virgem Maria em nossas vidas é real. Maria nos guia a cada momento.

Devemos ser fiéis à Mãe de Deus firmando nosso elo de união com Jesus Cristo.

IMPORTANTE: O nosso culto à Virgem Santíssima é de SUMA VENERAÇÃO – HIPERDULIA.

LOURDINHA SALLES E PASSOS – JMJ

divisoria oficial

PÁSCOA: ESPERANÇA E ALEGRIA

Abril de 2013

A proclamação da Páscoa é cantada e a Igreja inteira se regozija. A alegria cristã repousa em seu fundamento inabalável, isto é, na ressurreição do Senhor Jesus Cristo.

No final de março, chegamos ao grande momento do ano litúrgico e ao centro de nossa fé: a Páscoa, que se perpetua na vida e na caminhada da Igreja que a atualiza a cada Eucaristia. A Igreja que nos convidou durante quarenta dias a um tempo de conversão e penitência, agora nos devolve os vários sinais renovados que nos fazem experimentar que também a nossa vida se renova e dá um passo a mais na caminhada para que de páscoa em páscoa cheguemos à Páscoa definitiva.

O mistério da paixão, morte e ressurreição de Cristo condensa a grande mensagem de Deus à humanidade inteira. Esse mistério, na verdade, deu novo significado às coisas humanas. O sofrimento e a morte recebem uma potentíssima luz, que é jorrada do mistério que celebramos no Tríduo Pascal.

Associados a Cristo pelo batismo, nossa grande meta é a pastagem eterna, para a qual nos guia o Bom Pastor. A dor, o sofrimento e a morte já foram vencidos em Cristo. Ora, na medida em que Cristo passa a viver em nós, também nos tornamos capazes de vencê-los, pois, a última palavra de Deus a respeito do seu Cristo é a vida. Jesus, entre outras coisas, ensina-nos que a entrega sem reservas aos desígnios de Deus é fonte de salvação e de vida verdadeira.

Com isso, iniciamos oito dias de festa, chamados Oitava da Páscoa, é o Tempo Pascal, que se estende até o domingo de Pentecostes.

Que as alegrias pascais estejam sempre em nossos corações e nossas vidas! A Igreja proclama que a Vida continua sendo a última Palavra e o grande anúncio: Cristo Ressuscitou verdadeiramente, Aleluia!

Feliz Páscoa a todos!

DOM ORANI JOÃO TEMPESTA – Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro

divisoria oficial

SEMANA DAS DORES E SEMANA SANTA

Março de 2013

O PLANO DE DEUS: A PÁSCOA

Quaresma é tempo propício de preparação para mudança de vida em todos os sentidos.

Jesus permaneceu 40 dias jejuando no deserto, preparando-se para cumprir a sua ampla missão entre nós.

Maria Santíssima, que acompanhou Jesus, seu filho, até o fim, não desfaleceu nem mesmo ao ter seu coração como que transpassado sete vezes por espadas. Ela nos ensina a sempre esperar em Deus e no seu amor.

Aquele mesmo Jesus que humildemente entrou na grande Jerusalém, sendo aclamado como o Rei do Universo pelos simples de coração, se disponibilizou inteiramente para a morte numa cruz. Assim sendo, com seus apóstolos na última Ceia, instituindo a Eucaristia e o sacerdócio, nos sujeitando ao mandamento do amor, ele anunciou que haveria de morrer. Mas, a luz iria apagar-se provisoriamente para enfim brilhar eternamente.

A caminho do calvário, Jesus encontrou-se com sua mãe. É chegado o dia! Após carregar todos os nossos pecados sob o madeiro da cruz, o Filho entrega seu espírito nas mãos do Pai. Tudo estava consumado! Jesus foi sepultado! Três dias de reflexão para nós de tudo que fizemos que necessite reparação.

Na realidade, o mundo encheu-se de esperança, afinal, Jesus entregou sua vida em prol da nossa redenção. E, após três dias, o PLANO DE DEUS toma forma definitiva: Jesus ressuscita, passando para a vida eterna, “onde está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos”.

Não só neste tempo, sempre nos entreguemos inteiramente a Deus, sujeitando-nos à salvação, que é oferecida a todos nós.

FÁBIO GALVÃO – PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDAdivisoria oficial

13/03/2013 – ARGENTINO JORGE MARIO BERGOGLIO É O NOVO PAPA

papa Francisco IApós quatro votações inconclusivas em pouco menos de 24 horas, a fumaça branca apareceu às 19h05 (15h05, de Brasília) desta quarta-feira ao fim do quinto escrutínio, para a alegria e emoção da multidão reunida.

Entre a fumaça e o anúncio do nome do eleito, o público celebrou e entoou coros de “viva, o Papa”.

O novo papa da Igreja Católica é o argentino Jorge Mario Bergoglio, 76 anos.

CLIQUE AQUI PARA LER ESTA MATÉRIA NA ÍNTEGRAdivisoria oficial

divisoria oficial

QUARESMA E CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2013

13/02/2013 (Quarta-Feira de Cinzas) – Começa a Campanha da Fraternidade, pois se inicia a Quaresma: tempo de reflexão, penitência e conversão em preparação para a Páscoa.

Na Quarta-Feira de Cinzas, dia de jejum e abstinência de carne, reconhecemos a necessidade de fazer obras com as quais reparamos os danos causados com nossos pecados e para o bem da Igreja.

Contudo, o homem de hoje deve abster-se de muitos meios de consumo, de estímulos, de satisfação dos sentidos, afinal: JEJUAR SIGNIFICA ABSTER-SE DE ALGO.

CLIQUE AQUI para visualizar um artigo sobre todas as Campanhas da Fraternidade, com seus lemas e temas

divisoria oficial

ANO NOVO: FELIZ 2013 COM JESUS

Para sermos felizes em 2013, entreguemos nossas vidas a Deus. Confiemos n’Ele e receberemos tudo que o que precisarmos para vivermos bem no Ano Novo.

Que o clima de renovação e esperança toque nossos corações e que, tomados pelo Espírito Santo, possamos sentir a bondade divina,
iluminando nossos dias, alegrando nossos corações, aproximando-nos, cada vez mais, de Deus.

Aproveitemos para repensar nossas vidas, fazendo com que o Ano Novo seja o momento realmente especial de esperanças e comunhão, com sentimentos de amor e pertença definitiva a Deus.

Assim, lado a lado com Jesus, o Senhor nos guiará e fará com que tenhamos um 2013 repleto de bênçãos.

EQUIPE PASCOM

Anúncios

2012

NATAL   2012

Que no Natal, a melodia do amor seja cantada nos quatro cantos do mundo, com notas de louvor, regidas com ternura e encanto.

Que o eco desta sublime canção e mais a luz de Jesus menino, deitado em seu berço divino, tragam momentos de reflexão.

Reflexão de um acontecimento singular que marcou com magia a chegada do nascimento de Jesus, levando o homem a acreditar na paz, na esperança e na alegria, contagiando-o com o ato de amar.

————– FELIZ NATAL! ————–

Que este Natal seja o Natal do Senhor Jesus, que veio ao mundo para nos salvar.

Vivamos o verdadeiro sentido do Natal, celebrando o nascimento de Jesus, amando os irmãos e sendo fiéis seguidores da Igreja.

Jesus nasceu para realizar seu eterno plano de amor e é ele que tem que ser festejado.

Desejamos um Santo e Abençoado Natal a todos!

EQUIPE PASCOM

ADVENTO 2012Depois de refletirmos o tempo comum, coroado com a festa de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, dá-se início ao primeiro tempo do Ano Litúrgico da Igreja: o Advento.

 Antecedendo o Natal, o Advento dura quatro semanas, sendo um tempo de vigia, espera, exultação e acolhimento para as festividades do nascimento de Jesus, o Emanuel (Deus conosco).

Dentre seus símbolos, a coroa do Advento denota grande representatividade, coroa na qual acendemos uma vela em cada um dos quatro primeiros domingos do mês de dezembro: dias 2, 9, 16 e 23.

Relembrando o nascimento de Jesus, que veio para guiar os nossos caminhos, vivamos bem não só nesse tempo, mas sempre. Literalmente, nos convertamos, ficando aptos ao nosso constante nascimento como criaturas renovadas.

E, permanentemente, esperemos a segunda vinda do Senhor Jesus.

Ah! O mais importante! O símbolo máximo do Advento está nos nossos corações, pois, só vivendo dignamente perante Deus, nos capacitaremos para a nossa santificação. Deus Pai, que nos ama, envia o Espírito Santo para iluminar nossos caminhos a nos orientar para a morada no Seu Reino.

Alimentemo-nos da Eucaristia e da palavra de Deus e, abrindo nossos corações, digamos: “Vinde, Senhor Jesus, vem caminhar conosco” e “Esperamos, ó Cristo, vossa vinda gloriosa”.

EQUIPE PASCOM

11/10/2012 a 24/11/2013 (ANO DA FÉ) –  A Igreja comemorará um “Ano da Fé” entre 11 de outubro de 2012 (50º aniversário da abertura do Concílio Vaticano II) e 24 de novembro de 2013 (Festa de Cristo Rei).

 “Decidi declarar um ‘Ano da Fé’, que ilustrarei com uma especial carta apostólica”, disse Bento XVI.

A iniciativa de celebrar o “Ano da Fé” tem como objetivo “precisamente dar um renovado impulso à missão de toda a Igreja de conduzir os homens fora do deserto em que muitas vezes se encontram, rumo ao lugar da vida, a amizade com Cristo, que nos dá sua vida em plenitude”, explicou o Papa.

Esse “será um momento de graça e de compromisso por uma conversão a Deus cada vez mais plena, para reforçar a nossa fé n’Ele e para anunciá-lo com alegria ao homem da nossa época”, afirmou o Santo Padre.

EQUIPE PASCOM

OUTUBRO, MÊS MISSIONÁRIO 2012 Uma vez, ao chegar próximo de uma árvore frutífera, avistei uma única fruta, bem no alto do pé. Fiquei planejando como poderia colher aquela fruta. Se tentar derrubar com pedras quebraria-a e a estragaria. Se derrubasse com uma vara comprida ela poderia ficar no interior da árvore, presa entre os espinhos. Se tentasse subir para apanhá-la, poderia então me machucar. Entendi que precisava planejar a melhor estratégia para poder usufruir do sabor da fruta sem danificá-la e também sem me machucar.

Escrevo isto para introduzir a reflexão sobre o mês de outubro, mês missionário. Muitas vezes a nossa vontade é de quando chega o mês missionário nos embrenhar na missão, justamente porque a primeira impressão é do que o mundo precisa. Mas o mundo é igual a uma árvore, ao mesmo tempo em que tem frutos, tem também espinhos. Se nos embrenharmos com muita pressa para chegar ao fruto vamos sem dúvida nos machucar e nem perto vamos chegar.

Este mês, deve ser um mês motivador para que assumamos o nosso papel de cristão missionário, seja na nossa família, comunidade e ou sociedade. Porém, este mês não deve ser somente de ação, deve ser também de reflexão. Pois, para sermos missionários não precisamos percorrer grandes distâncias. Ser missionário é fazer a difícil viagem de sair de si, e ir ao encontro do outro, do novo, do diferente como em busca da fruta saborosa. É preciso pensar, planejar, ver a maneira de agir sem que os frutos sejam estragados ou que sejamos machucados pelos espinhos. E isso exige de nós uma abertura pessoal e comunitária para responder aos desafios de ser missionário.

Assumir os desafios e o compromisso de ser missionário é ter a missão não somente de levar algo, mas também de descobrir. Não somente de dar, mas receber. Não somente conquistar, mas partilhar e buscar juntos sempre a verdade em Cristo através de nossos gestos, atitudes e atos. A missão nos permite criar novos laços, novas relações, um novo jeito de olhar a vida, um novo jeito de ser igreja.

Ser missionário é um compromisso de toda a comunidade que vive e transmite a sua fé. “Nenhuma comunidade cristã é fiel à sua vocação se não é missionária”.

Pe Jalmir

Missionário do Sagrado Coração em Cuiabá no Mato Grosso

AGOSTO, MÊS DAS VOCAÇÕES – O mês vocacional 2012 quer nos chamar a atenção para a importância das vocações, onde refletimos o nosso compromisso com a Igreja e para com os nossos irmãos em Cristo.

Cada domingo de agosto é reservado para uma vocação específica:

Dia 5: Vocações aos ministérios ordenados (sacerdotais e diaconais) – Dia do padre.

Essa comemoração se deve ao fato de no dia 4 celebrarmos o dia de são João Maria Vianney, o Cura D’Ars, patrono dos padres; e, no dia 10, o dia de são Lourenço, patrono dos diáconos.

Destacamos as presenças dos nossos padres, como nossos abençoados diretores espirituais.

Dia 12: Vocação familiar (matrimonial) – Dia dos pais.

A vocação familiar oferece uma atmosfera propícia para o despertar de vocações; então, que todas as famílias edifiquem-se em Jesus Cristo.

Dia 19: Vocação religiosa (vida consagrada) – Dia da vida religiosa.

Evidenciamos os religiosos e religiosas, consagradas e consagrados que realizam muitos trabalhos e missões.

Dia 26: Vocação de leigos – Dia do catequista.

O dia do catequista é comemorado com muita alegria, pois eles, com muito amor e doação, dedicam-se a transmitir as verdades divinas a nossos catequizados.

Rezemos pelas vocações, para que haja mais sacerdotes e religiosos, famílias mais edificantes, mais leigos comprometidos com a Igreja.

Que a celebração do mês vocacional nos direcione a vivermos com mais amor a nossa vocação. E não nos esqueçamos: Todos somos vocacionados à santidade.

EQUIPE PASCOM

JULHO, MÊS DA CONSCIENTIZAÇÃO DO DÍZIMO – Durante todo o mês de julho de 2012, nossa paróquia celebra o Mês do Dízimo. É um tempo especial de conscientização, com o objetivo de despertar todos os fiéis paroquianos para a consciência de que somos membros de uma comunidade e, portanto, temos uma responsabilidade frente a ela.

Dízimo é partilha. O dízimo de hoje, constrói a Igreja do amanhã.

Oração do dizimista: Recebei, Senhor, minha oferta! Não é esmola, porque não sois mendigo. Não é contribuição, porque não precisais. Não é o resto que me sobra que Vos ofereço. Essa importância representa meu reconhecimento, meu amor. Pois, se tenho é porque me deste. Amém!

Se você ainda não é dizimista, procure o escritório paroquial e também comece a ofertar um pouco do que Deus lhe dá.

29/06/2012 (DIA DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO) – Estes santos são considerados “os cabeças dos apóstolos” por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva.

Dia 29 de junho também é celebrado o dia do papa em razão de São Pedro ter sido o primeiro papa da Igreja.

O apóstolo Pedro, antes chamado Simão, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, esteve presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor. Ele despontou como líder dos doze apóstolos.

Paulo, antes chamado Saulo, perseguia e aprisionava os cristãos. Convertendo-se à fé cristã quando Jesus lhe apareceu e o chamou para o apostolado, tornou-se um grande missionário e doutrinador, fundando muitas comunidades.

JUNHO/2012 (OS SANTOS DE JUNHO)Junho é mês de tantos santos muito conhecidos e amados do povo de Deus. Mas, entre todos esses santos, destacam-se quatro, cuja veneração constitui uma bela tradição da nossa gente.

São eles: Santo Antônio (dia 13), são João Batista (dia 24), são Pedro e são Paulo (dia 29).

Enquanto o povo se alegra em suas festas de quadrilhas, tendo como motivo de fundo esses quatro santos, a Igreja reserva momentos especiais para celebrar a raiz e fonte última das festas: a Palavra viva de Deus e a Ceia memorial do Senhor que, pelo seu Espírito, nos salva, nos alegra e nos fortalece em comunhão com seus santos.

FESTA DE CORPUS CHRISTI 2012Nesta quinta-feira, 7 de  junho, comemoramos o dia de Corpus Christi. Nome que vem do latim e significa “Corpo de Cristo”.

A festa de Corpus Christi tem por objetivo celebrar solenemente o mistério da Eucaristia – o Sacramento do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo.

Através da Eucaristia, Jesus nos mostra que está presente ao nosso lado, e se faz alimento para nos dar força para continuar. Jesus nos comunica seu amor e se entrega por nós.

03/06/2012 (SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE) Celebramos na alegria a Santíssima Trindade: o amor de Deus Pai, revelado em Jesus e no Espírito Santo. Procuremos viver em comunhão com o Deus trino,  com as pessoas de nossa convivência e para com todos mais.

Bendito seja o Pai bendito, bendito seja o Filho unigênito e bendito seja o Espírito santificador.

JUNHO/2012 (JUNHO, MÊS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS) – Junho é o mês dedicado ao Sagrado Coração de Jesus, que será comemorado no dia 15.

Essa devoção surgiu quando santa Margarida Maria Alacocque tornou-se a primeira mensageira do Sagrado Coração de Jesus, num tempo em que o povo estava afastado dos sacramentos e das experiências concretas com o amor de Deus.

O papa Leão XIII consagrou o mundo ao Sagrado Coração de Jesus, assim como vários outros papas que manifestaram a favor dessa devoção.

Senhor Jesus, nesta festa tão linda e tão importante, consagramos todos ao teu Sagrado Coração.

SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS, NÓS TEMOS CONFIANÇA EM VÓS!

27/05/2012 (PENTECOSTES) Deus eterno e todo-poderoso, quisestes que o mistério Pascal se completasse durante cinquenta dias, até a vinda do Espírito Santo.

Fazei que todas as nações dispersas pela terra, na diversidade de suas línguas, se unam no louvor do vosso nome.

Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na Unidade do Espírito Santo.

23/05/2012 (PREPARAÇÃO PARA PENTECOSTES) Sabedoria, entendimento, conselho, fortaleza, ciência, piedade e temor de Deus.

Com a Festa de Pentecostes, no dia 27 de maio próximo, termina o Tempo Pascal. A Igreja comemora neste dia, a vinda do Espírito Santo sobre os apóstolos reunidos no cenáculo com Maria, a Mãe de Jesus. Imploremos seus preciosos dons para nós e para todos que amamos.

Participemos das celebrações com nossa comunidade de Fé!

20/05/2012 (MISSA DA ASCENSÃO DO SENHOR) Celebramos a volta de Jesus para o céu, onde está sentado à direita de Deus. Neste dia comemoramos o Dia Mundial das Comunicações, tarefa não só da PASCOM. mas de todos nósPreparamos os nossos corações para receber os dons do Espírito Santo no Dia de Pentecostes, domingo próximo, dia 27.

O Dia Mundial das Comunicações – “Silêncio e Palavra: caminho de evangelização” é o tema para o 46º Dia Mundial das Comunicações Sociais, proposto pelo papa Bento XVI, celebrado neste domingo (20/5). No pensamento do Papa, o silêncio um elemento necessário de integração, favorecendo a dimensão do discernimento e do aprofundamento e pode ser visto como um primeiro grau de acolhimento da palavra. Não há dualidade entre “Silêncio e Palavra”, mas complementaridade entre ambos os termos que, em seu equilíbrio, aumenta o valor da comunicação e torna-as fecundas no serviço da nova evangelização.

17/05/2012 As Comunidades Rurais “Guarda dos Lourenços” e “São José da Bela Vista”, antes pertencentes à Paróquia São Sebastião, agora fazem parte da Paróquia Santa Cruz.

13/05/2012 – Dia das Mães

Mãe, Deus expressa através de você o sentido da vida, pois, é em você que a vida começa.

Só você possui o colo perfeito, o amor mais forte, mais obstinado, mais duradouro que qualquer outro.

Um amor que não obedece à lei ou piedade, ele ousa todas as coisas e extermina com força e sabedoria todos os obstáculos que o mundo coloca em seu caminho.

É com muito carinho e amor no coração que desejamos a você, Mãe, Feliz Dia das Mães! E que Nossa Senhora de Fátima proteja, com seu manto sagrado, todas as Mães de São Gotardo.

12/05/2012 – Aniversário de nosso querido bispo, Dom Frei Claudio Nori Sturm

Dom Claudio nasceu aos 12 de maio de 1953, em Giruá-RS. É filho de Leopoldo Aloísio e Denise Sturm, que tiveram outros seis filhos: Gervásio, Maria Bernardete, Vitório Antônio, Sônia Teresinha, José Valdomiro e Feliciano Afonso.

Bispado –Nomeado aos 08/10/2008, pelo Papa Bento XVI. Ordenação aos 05/12/2008, pelos Bispos Ordenantes Dom Moacyr José Vitti, Dom Sérgio Arthur Braschi e Dom Mário Márquez, em Ponta Grossa-PR. Posse aos 04/01/2009, em Patos de Minas-MG.

Dom Claudio, parabéns! Deus abençoe o senhor hoje e sempre.

Padre Orlando, desejamos que os anjos do céu iluminem tua alma já tão brilhante…
Que Deus te abençoe com amor… com sucesso… com paz interior… com humildade…
Abençoe-te com todos os sentimentos que tua alma preciosa merece!

Monsenhor Vanderly, que a luz do Espírito Santo ilumine e guie o caminho do senhor e que a Virgem Maria o leve, todos os dias, pela mão, de encontro ao Coração Fiel de Jesus, para ali contemplá-lo e, na água viva que desse rio brota, o senhor possa ser banhado!

Deus faça do senhor um homem santo!

FELIZ PÁSCOA

JESUS ESTÁ VIVO.

EU NÃO ESTOU SÓ.     

RESSUSCITADO É…

A celebração da Páscoa dura cerca de 50 dias. Tem início no Domingo da Ressurreição e se estende até o fim de Pentecostes (que em 2012 será no dia 27 de maio). O Pentecostes relembra a descida do Espírito Santo sobre os Apóstolos, sob a forma de línguas de fogo.

A origem da celebração da Páscoa está na história judaica relatada na Bíblia, no livro chamado “Êxodo”. Êxodo significa saída, e é exatamente a saída dos judeus do Egito que esse livro relata.

Essa celebração recebeu o nome de Pessach, que em judaico significapassagem, nesse caso da escravidão à liberdade. Daí surgiu a palavra Páscoa.

Jesus Cristo deu novo significado à Páscoa. Ele trouxe a “boa-nova”, esperança de uma vida melhor.

TRÍDUO PASCAL 2012

O tríduo pascal, memória dos ‘últimos passos de Jesus, “começa com a missa vespertina na Ceia do Senhor (quinta-feira). Possui o seu centro na Vigília Pascal (sábado) e encerra-se com as vésperas do Domingo da Ressurreição”.

É a Páscoa do Senhor, celebrada sacramentalmente em três dias: Sexta-Feira da Paixão, Sábado Santo e Domingo da Ressurreição.

É chamado “tríduo pascal, porque com a sua celebração se torna presente e se cumpre o mistério da páscoa, isto é, a passagem do Senhor deste mundo ao Pai”.

SEMANA SANTA E PÁSCOA 2012

Comemorações começando no dia primeiro de abril, estendendo-se até o dia 8 de abril.

Domingo de RamosO Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, relembrando a entrada de Jesus em Jerusalém, onde é recebido como um rei. Jesus é recebido com ramos de palmeiras. Mas, os mesmos que o receberam com festa, O condenará à morte.

Segunda-Feira SantaDia em que a imagem de Nosso Senhor dos Passos começa sua caminhada rumo ao calvário.

Terça-Feira SantaDia em que a imagem de Nossa Senhora das Dores caminha junto a Jesus, rumo ao calvário.

Quarta-Feira SantaCelebra-se a piedosa procissão do encontro das imagens de Nosso Senhor dos Passos e de Nossa Senhora das Dores.

Quinta-Feira da CeiaNeste dia é relembrada especialmente a Última Ceia. Na parte da manhã é realizada a Missa do Crisma na Catedral Santo Antônio de Patos de Minas, onde o Bispo diocesano, Dom Claudio, santifica o óleo dos Catecúmenos e dos Enfermos e consagra o óleo do Crisma que será usado por todas as paróquias durante um ano até a próxima Quinta-Feira Santa. Após o pôr-do-sol, é celebrado a Missa de Lava pés, quando encerra a Quaresma e começa o Tríduo Pascal. A Missa de Lava pés relembra o gesto de humildade que Jesus realizou lavando os pés dos seus doze discípulos e comendo com eles a ceia derradeira. Relembramos o momento que Judas Iscariotes entrega Jesus por trinta moedas de prata, com Jesus sendo preso e interrogado, sendo açoitado e condenado no amanhecer da sexta-feira. A igreja fica em vigília ao Santíssimo até as 12h00 da sexta-feira, relembrando os sofrimentos começados por Jesus na noite da quinta-feira. A igreja já se reveste de luto e tristeza desnudando os altares, quando são retirados todos os enfeites, toalhas, flores, velas, tudo para simbolizar que Jesus está preso.

Sexta-Feira Santa ou Sexta-Feira da PaixãoA Sexta-Feira Santa é um dia de tristeza, que marca a crucificação e morte de Cristo. É o único dia que não se celebra a Missa e não há consagração das hóstias. É celebrada a Solene Ação Litúrgica, Paixão e Adoração de Jesus na Cruz.

Sábado da Vigília ou Sábado da AleluiaO corpo de Jesus, descido da cruz, é sepultado. É o dia que antecede a ressurreição de Jesus Cristo, dia dedicado a oração junto ao túmulo do Senhor Morto. Nesta noite, é celebrada a Vigília Pascal – a vigília de todas as vigílias, nela acontece a bênção do fogo novo, a Proclamação da Páscoa e a Renovação das Promessas do Batismo. Com o fogo novo se acende o Círio Pascal, que representa a vida nova em Jesus Cristo.

DOMINGO DE PÁSCOAÉ o dia da ressurreição de Jesus, sendo a comemoração mais importante do cristianismo, que celebra a vida nova, o amor e a misericórdia de Deus. Este é o último dia do Tríduo Pascal.

SEMANA DAS DORES 2012

Como já é tradição em nossa Paróquia, realizamos a “Semana das Dores”, que em 2012 foi do dia 25 ao dia 31 de março.

A cada dia do Setenário das Dores meditamos uma das dores da Bem-Aventurada Virgem Maria.

Oração: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Nós vos louvamos Senhor, e vos bendizemos! Porque associastes a Virgem Maria à obra da salvação. Nós contemplamos Vossas Dores, ó mãe de Deus! E vos seguimos no caminho da fé!

Primeira dor – Profecia de Simeão – Simeão os abençoou e disse a Maria, mãe de Jesus: ‘Eis que este menino está destinado a ser ocasião de queda e elevação de muitos em Israel e sinal de contradição. Quanto a ti, uma espada te transpassará a alma’ Lc 2,34-35.

Segunda Dor – Fuga para o Egito – O Anjo do Senhor apareceu em sonho a José e disse: ‘levanta, toma o menino e a mãe, foge para o Egito e fica lá até que te avise. Pois Herodes vai procurar o menino para matá-lo. “Levantando-se, José tomou o menino e Maria, e partiu para o Egito’ Mt 2,13-14,

Terceira Dor – Maria procura Jesus em Jerusalém – Acabados os dias da festa da Páscoa, quando voltavam, o menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que os pais o percebessem. Pensando que estivesse na caravana, andaram o caminho de um dia e o procuraram entre os parentes e conhecidos. E, não o achando, voltaram a Jerusalém à procura dEle. Lc 2,43b-45.

Quarta Dor – Jesus encontra a Vossa Mãe no caminho do Calvário – Ao conduzir Jesus, lançaram mão de um certo Simão de Cirene, que vinha do campo, e o encarregaram de levar a cruz atrás de Jesus. Seguia-o grande multidão de povo e de mulheres que batiam no peito e o lamentavam. Lc 23,26-27.

Quinta Dor – Maria ao pé da Cruz de Jesus – Junto à cruz de Jesus estavam de pé Vossa Mãe, a irmã de Vossa Mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena. Vendo a Mãe e, perto dela, o discípulo a quem amava, disse Jesus para a mãe: ‘Mulher, eis ai o teu filho!’. Depois disse para o discípulo: ‘Eis ai a tua Mãe!’ Jo 19,15-27a.

Sexta Dor – Maria recebe Jesus descido da Cruz Chegada a tarde, porque era o dia da Preparação, isto é, a véspera de sábado, veio José de Arimatéia, entrou decidido na casa de Pilatos e pediu o corpo de Jesus. Pilatos, então deu o cadáver a José, que retirou o corpo da cruz. Mc 15,42.

Sétima Dor – Maria deposita Jesus no Sepulcro – Os discípulos tiraram o Corpo de Jesus e O envolveram em faixas de linho com aromas, conforme é o costume de sepultar dos judeus. Havia perto do local, onde fora crucificado, um jardim, e no jardim um sepulcro novo onde ninguém ainda fora depositado. Foi ai que puseram Jesus. Jo 19,40-42a.

2011

45º Dia Mundial das Comunicações Sociais (2011)

O papa Bento XVI divulgou no dia 24 de janeiro de 2011, no site oficial do Vaticano, a Mensagem para 45º Dia Mundial das Comunicações Sociais, intitulada “Verdade, anúncio e autenticidade de vida, na era digital”. O papa pede que as novas formas de comunicação sejam utilizadas apenas pensando no bem coletivo, destacando a verdade na atuação dos participantes das Redes Sociais e principalmente o papel dos jovens na Era Digital.

“As novas tecnologias da comunicação pedem para ser postas ao serviço do bem integral da pessoa e da humanidade inteira. Usadas sabiamente, podem contribuir para satisfazer o desejo de sentido, verdade e unidade que permanece a aspiração mais profunda do ser humano”, destaca o papa.

Bento XVI diz que as novas tecnologias estão mudando “não só o modo de comunicar, mas a própria comunicação em si mesma. As novas tecnologias permitem que as pessoas se encontrem para além dos confins do espaço e das próprias culturas, inaugurando deste modo todo um novo mundo de potenciais amizades”.

O papa faz um alerta, dizendo que “é importante nunca esquecer que o contato virtual não pode nem deve substituir o contato humano direto com as pessoas, em todos os níveis da nossa vida”.

O papa finaliza sua mensagem afirmando que a web está contribuindo para o desenvolvimento de formas novas e mais complexas de consciência intelectual e espiritual. ”Somos chamados a anunciar, neste campo também, a nossa fé: que Cristo é Deus, o Salvador do homem e da história, Aquele em quem todas as coisas alcançam a sua perfeição (cf. Ef 1, 10)”.

Vaticano, Festa de São Francisco de Sales, 24 de Janeiro de 2011.

Papa Bento XVI – Fonte: CNBB